terça-feira, março 30, 2004

Mais Fatias de Tomar (links)

Novos links aqui ao lado (nas Fatias de Tomar): Linhaceira, O Balneario (desporto regional), Região de Turismo dos Templários e Quinta do Bill.

Ainda a Igreja de Olalhas

Para mais sobre as obras de restauro da Igreja de Olalhas (post anterior) ver mais este testemunho de Fernando António em Tomar Online.

J.

P.S.: a caixa de correio (ali do lado direito...) encontra-se sempre aberta.

domingo, março 28, 2004

Igreja de Olalhas em obras

Transcrevemos aqui um email do leitor Fernando António, à atenção a quem de direito.

"A igreja matriz de Olalhas de Tomar está novamente em obras, ocasião excelente para se lhe prestar atenção. Como o património da Cidade é tão rico, o património do Concelho normalmente fica reduzido ao esquecimento. A igreja de Olalhas necessitava de ser submetida a um estudo global, agora facilitado pelas obras que estão a pôr a descoberto a pedra das paredes tendo sido identificados elementos reaproveitados que talvez importe estudar, e não simplesmente cobrir com cimento. Trata-se de um edifício ainda não totalmente estudado mas que tem origem medieval. Referenciada por Raczinsky, é constituída por apenas uma única e nave com a respectiva capela?mor coberta por abobada de berço e por mais duas capelas laterais e vários retábulos. É de salientar o revestimento a azulejo e a talha dourada, e a pia baptismal oferecida pelo Infante D.Henrique. Terá estado primeiramente sob jurisdição templária e, posteriormente, sob jurisdição da Ordem de Cristo e da Prelazia de Tomar até ao século XIX. Alguns restauros do século XX foram péssimos chegando agora o momento de fazermos qualquer coisa, para não corrermos o risco de entregarmos aos nossos descendentes um património tornado mudo por camadas insensíveis de betão.
É necessário fazer alguma coisa pois, a apatia de quem sabe é mais culpável que a ousadia de quem, sem saber, estraga."

Apelo em forma de chamada de atenção (private post)

Esta vai direitinha para um dos colaboradores deste vosso blogue: para quando o comentário à segunda parte de "As Mulheres" do emérito thomarense que escreve com o coração?

J.

Ainda a propósito do fidagal julgamento

E eis mais um belo exemplo do que deve ser um título jornalístico: "Os alegados instintos sexuais que a razão desconhece". É a nossa imprensa local, com certeza.

J.

Urinol público (a funcionar a partir das 00h00)

Para os mais distraidos aqui fica uma imagem do famoso urinol público das traseiras da Igreja de S. João (ver alguns posts abaixo), o tal que o vereador Ivo Santos vai (finalmente) mandar remover a bem do aroma e da estética da zona histórica.

(Imagem gentilmente surripiada ao Jornal Cidade de Tomar)

J.

Ai, estas brasileiras...

A aldeia das Curvaceiras, freguesia de Paialvo, está "de pantanas" . E porquê? Por causa de umas meninas oriundas do quente Brasil que trabalham num recém aberto bar (as más línguas chamam-lhe casa de alterne...), mas esse nem é o problema. O problema, que está a deixar as meninas e senhoras locais em alvoroço, são os fatos de trabalho - "reduzidíssimos biquinis". Tudo isto é primeira página desse farol da imprensa regional que é O Mirante.
Entretanto, fonte bem informada afirmou a este vosso blogue que esta tarde estava uma viatura do Jornal de Notícias no estacionamento do dito bar. Já estamos a ver tudo: a semana passado O Mirante, para a próxima o JN e daqui a alguns dias a própria TVI estará nas Curvaceiras. E porque não ambicionar a Time?

J.

O julgamento de Fidalgo

Começou há alguns dias o julgamento do vereador António Fidalgo. Recorde-se que este autarca foi há alguns meses acusado de assédio sexual por algumas funcionárias da Câmara Muncipal. Mas a notícia que nos interessa não é essa. Esta sim é que uma notícia. Atente-se no título (primeira página!) d' O Mirante: "Apalpava-me com violência". Este sim é o verdadeiro jornalismo regional. No seu melhor, diga-se...

J.

segunda-feira, março 22, 2004

2ª Semana da Juventude

Começou hoje - na Biblioteca Municipal com a apresentação do Prémio Municipal de Artes e Letras - e prolonga-se até Sábado a Semana da Juventude de Tomar. A organização é dos Serviços da Juventude da Câmara Municipal.

23.03 - Colóquio sobre SIDA (Biblioteca Municipal, 14h30)

24.03 - Dia do Estudante / Convívio de Karting (Kartódromo da Batalha)

25.03 - Noite Publicitária (Cine Teatro Paraíso, 21h30)

26.03 - Mostra de Sites "Juventude" (Espaço Internet de Tomar, 09h30 / 20h00); inauguração do novo Espaço Jovem (Complexo Desportivo Municipal)

27.03 - Concurso de Fotografia

28.03 - Concerto Quinta do Bill (Cine Teatro Paraíso, 22h00)

A Gerência

E eles (que também somos nós) multiplicam-se

Falamos dos blogues locais. Vejam como a secção Poder Local tem crescido. Do Minho ao Algarve com passagem pelas Regiões Autónomas, a multiplicação de blogues locais e / ou regionais não pára. Qualquer dia ainda alguém se lembra de organizar um encontro ou um congresso...

J.

domingo, março 21, 2004

Isto já explica muita coisa...

Parece que por ocasião do Euro 2004 a selecção nacional francesa de futebol vai passar por Tomar "pelo menos durante uma noite". Esta foi a garantia dada pelo vereador Ivo Santos à Rádio Hertz. É por isso que a autarquia está a preparar uma grande campanha publicitária para promover o nome da cidade no exterior. Deve ser também por isso que vai retirar o "urinol público" que se encontra nas traseiras da Igreja de S. João... A bem das narinas e do apurado sentido estético dos futebolistas franceses.

J.

P.S.: a propósito das medidas de Ivo Santos ver também post abaixo (18/03/2004).

Curso Breve de Literatura

"Cinco Momentos Centrais da Literatura Portuguesa do Séc. XX" é o nome de um curso que decorre na Biblioteca Municipal a partir desta Sexta-feira e se prolonga, em horário pós-laboral, até Sexta-feira. O curso é ministrado pelo Dr. Fernando Cabral Martins e apenas lamentamos a escassa divulgação que a iniciativa teve.

J.

A sala escura

No Cine-Teatro Paraíso esta semana ainda estão a tempo de ir ver Pago Para Esquecer de John Woo com Ben Affleck e Uma Thurman. No Cine Templários continua até Sexta-feira Alguém Tem Que Ceder de Nancy Meyers com Jack Nicholson, Diane Keaton e Keanu Reeves. E a partir de Quinta-feira temos cá Lost In Translation de Sophia Coppola. E na Sexta-feira será noite de Em Carne Viva de Pedro Almodovar integrado no ciclo 6ª Fora. Tudo boas razões para sair de casa e passar umas horas na sala escura.

J.

quinta-feira, março 18, 2004

Esta semana no nosso semanário local Cidade de Tomar dois pequenos nadas a destacar:

Primeiro, o fim anunciado do urinol público nocturno, tão prático para os mais tardios frequentadores das noites loucas da baixa (traseiras da Igreja de S.João). Uma excelente medida anunciada pelo Vereador dos Serviços Urbanos, Ivo Santos, visa a substituição dos (cerca de) oito contentores por alternativas mais estéticas. Já tardava alguém lá de cima perceber que aquele monumento não encaixa especialmente bem no todo da zona histórica desta cidade tão visitada por turistas ávidos de belezas arquitectónicas... a bem do impacto visual.
Resta saber se já agora a Câmara não se lembra de adicionar ao projecto uma espécie de biombo e autoclismo... a bem do impacto aromático.

Em segundo lugar, o poster do Primeiro-Ministro Durão Barroso cuja moldura custou 42 euros à Junta de Freguesia de Alviobeira. Como refere o Cidade de Tomar, entre Juntas, Câmaras e Instituições por todo o país, falamos de cerca de 20 mil Durões emoldurados. Se o investimento tem por objectivo prever uma longa e conservada estadia nas paredes, não sabemos, o que é certo é que por esse preço mais valia alguém mais consensual e vistoso, tipo o Figo.

A destacar semanalmente no Cidade de Tomar, a Conversa da Semana (aquilo é humor demasiado subtil ou é mesmo mau?) e as apaixonantes crónicas do vereador Carlos Carrão, Escrever com o Coração, esta semana dedicada às Mulheres (I)...
«No entanto, nem todas as mulheres têm sucesso. E, porquê?
Porque, como em muitas outras coisas na vida, o sucesso também não "cai do Céu". Conquista-se!
E, é nesse caminho, que se perdem muitas mulheres...»
(Carlos Carrão)
Vamos lá ver como serão as Mulheres (II)...

segunda-feira, março 15, 2004

21 Grams

Sean Penn, Benicio Del Toro e Naomi Watts superiormente dirigidos por Alejandro González Iñárritu em 21 Grams: no Cine Templários.

Consultório sentimental

Um destacado cidadão tomarense que escreve com o coração aborda no semanário A Cidade de Tomar a questão do divórcio. Não teria sido possível ocupar esta página com algo de verdadeiramente útil?

J.

domingo, março 14, 2004

Salvem-nos da Língua Portuguesa

À entrada da freguesia de Casais existe uma placa de boas-vindas, o que é excelente e sempre revela uma educação esmerada. Pena é que os responsáveis pelo texto tenham dificuldades com a acentuação da Língua Portuguesa...


J.

quinta-feira, março 11, 2004

Luto

Este blogue colocou a bandeira - espanhola - a meia-haste. No dia 11 de Março Thomar fica em Espanha e a nossa capital chama-se Madrid.

A Gerencia

segunda-feira, março 08, 2004

Comédia ou tragédia?

Imperdível na próxima sexta-feira 12: o espectáculo Stand-Up Tragedy no Cine-Teatro Paraíso às 21h30. Stand-Up Tragedy é um espectáculo de teatro da autoria de Luis Filipe Borges, Nuno Costa Santos e Tiago Rodrigues e é também um blog. Vão preparados para rir... Ou para chorar.

A Gerência

domingo, março 07, 2004

Lei e ordem (com carritos pelos passeios)

Sábado, Praça da República, 22h30, o cenário habitual: impossível circular no passeio porque os tomarenses gostam de ter os seus bólides sempre por perto e, portanto, deixam-nos repousar nos passeios enquanto vão tomar o cafézinho ou beber um copo. Subitamente um agente da garbosa PSP local aproxima-se e aprecia as máquinas durante longos minutos. Entretanto mais um automóvel que chega e que tenta estacionar no passeio. O agente da PSP resolve agir. Avisa o veículo (ou o automobilista, não percebi...) de que seria melhor procurar outro poiso já que, assim que mais um ou dois automóveis se fossem embora, começaria a distribuir multas pelos pára-brisas. Meia hora mais tarde a cena repete-se com outro veículo. Não sei se o senhor chegou a multar alguém (creio que sim), mas lá que isto é completamente absurdo... Como é possível um agente da PSP ver automobilistas em violação das mais básicas normas do Código da Estrada e não agir? Avisar que "talvez seja melhor estacionar mais ali em baixo" ou que "assim que mais um ou dois carros saiam daqui, começo a passar multas"??

J.

P.S.: possível é; aqui há uns meses sei de quem viu a PSP cortar o trânsito junto a uma escola da cidade para que as criancinhas atravessassem a rua em segurança... fora das duas passadeiras que existem bem perto da saida da escola! A nossa polícia não é uma delícia?

Tudo pela diversão

Ponto prévio: nada tenho contra o bowling ou qualquer outra actividade de lazer, seja ela qual for, muito pelo contrário!

Está a nascer nas antigas instalações da União das Padarias um complexo que incluirá um bowling de 10 pistas, um bar e um restaurantes para refeições rápidas (fastfood, imagino). Até aqui tudo bem. Tudo o que contribua para a animação da cidade e do Concelho nunca será demais.
Leio aqui que este "empreendimento" já obteve da Direcção Geral de Turismo uma declaração de interesse turístico e que a Região de Turismo dos Templários e a Câmara Municipal andam entusiasmadas com o projecto. Nada a obstar.
Aquilo que estranho no meio de tudo isto é apenas o facto de não ver o mesmo entusiasmo destas entidades por outras actividades que também projectariam a imagem da cidade no exterior. Estranho ainda todo este entusiasmo porque o presidente da autarquia insiste em candidatar Tomar a Capital Europeia da Cultura. Será que é com bowlings e McDonald's que lá vamos?

J.

P.S.: achar que os turistas (estrangeiros na sua maioria) que procuram a cidade o passarão a fazer para vir jogar bowling revela uma perspectiva um bocadinho enviesada da realidade... Um bocadinho.

sábado, março 06, 2004

Tomarenses online

Tomarenses online

Não são blogues locais mas são de gente cá da terra. Este de Leonel Vicente (também "dono" deste nosso colega), este de Sá Nunes, este de Sybilla, este e mais este.
Se souberem de mais, avisem.

sexta-feira, março 05, 2004

Estranho

Andámos por aí à procura de blogs de pendor local e a maioria dos que encontrámos são alentejanos. Curiosamente o Alentejo é a região do país com menor densidade populacional, mas na blogoesfera parece que não... Ou será que procurámos mal? O resultado das nossas buscas está ali ao lado na secção Poder Local.

A Gerência

Do que gosto em Tomar

Gosto do castelo, do convento e do aqueduto dos Pegões. Gosto de descer a Alameda 1 de Março, atravessar a Ponte Velha e subir a Corredoura até à Praça da República. Gosto do Café Paraíso ao fim da tarde e das intermináveis discussões que lá tenho à noite. Gosto de entrar em Tomar pelas Algarvias e das ruas do centro histórico. Gosto do edifício onde durante anos esteve a biblioteca municipal e do edifício onde está o Turismo. Gosto de não saber o nome da maior das ruas apesar de as conhecer há mais de vinte anos. Gosto de entrar na Companhia dos Livros e na Projecta. Gosto da Mata dos Sete Montes e do Cine-Teatro e do jardim do Mouchão. Gosto do rio e da Igreja de Santa Maria do Olival. Gosto dos concertos no cine-esplanada (quando os há) e das fatias de cá. Gosto que haja tanta gente criativa em Tomar. E gosto dos amigos que tenho em Tomar.

J.

Do que não gosto em Tomar

Não gosto do mau estado do piso de demasiadas ruas nem do subaproveitamento de alguns espaços únicos - o coreto da Várzea Pequena, o cine-esplanada, toda a beira-rio (e o raio do Pólis que não avança...), a Praça da República, os Lagares d'El-Rey (quais obras?...). Não gosto do mamarracho que cresce por trás da Câmara Municipal nem da falta de esplanadas pela cidade. Não gosto de uma certa mentalidade mesquinha que parece dominar a vida da cidade nem da fonte cibernético-luminoso-foleira. Não gosto da inércia da noite tomarense nem dos queixumes constantes de quem pode (e deve?) fazer mais pela vida cultural da cidade. Não gosto dos prédios da Nabância nem das obras que nunca mais têm fim. Não gosto do trânsito demasiado caótico para uma cidade tão pequena nem das ridículas passadeiras elevadas que se multiplicam pelas nossas ruas. Mas até gosto de Tomar.

J.

terça-feira, março 02, 2004

E eles multiplicam-se

Então não é que ontem nasceu um outro blog (ou blogue...) dedicado a Tomar? Great minds think alike? Está aqui. E claro que já existia, há muito, o grande Santa Cita (mui nobre povoação do concelho de Tomar, oh ignaros!...).

J.

Thomar, avisos à navegação

Ontem foi dia 1 de Março. Dia da cidade de Tomar, perdão, Thomar e agora também, e propositadamente, dia de aniversário oficial deste blogue (ou blog, como queiram). Hoje já é dia 2, mas ainda é tempo de alguns pontos prévios, assim como que uns avisos à navegação.
Thomar não é um blogue centrado no umbigo. Tem "sede" (ainda que virtual) em Tomar mas não é exclusivamente DE Tomar ou PARA Tomar. Gostamos de olhar e olhamos para fora da nossa paróquia.
Thomar é um blogue colectivo e aberto. É uma casa que se pretende habitada por tomarenses, nativos ou residentes, exilados ou expatriados, imigrantes, emigrantes e visitantes. Todas as colaborações são bem vindas (nomeadamente através de email).
Thomar sendo colectivo não tem, nem nunca terá uma voz única. Seremos sempre apenas um conjunto de vozes, com diferentes timbres ainda por cima. Não representamos qualquer grupo, agremiação, clube, capelinha, santuário, associação, partido ou tribo. Cada um será porta-voz da sua própria consciência e das suas opiniões pessoais. Não será de estranhar que por vezes este espaço se transforme numa cacofonia. Ou não...
Thomar não tem qualquer objectivo que não seja o de abrir um espaço de debate e troca de ideias e impressões sobre uma cidade e um concelho que, com todas as suas virtudes e defeitos, tem vida e alma próprias.

A Gerência

segunda-feira, março 01, 2004

Novecentos e tal anos depois, temos:

Uma cidade, um castelo, um rio Nabão, um concelho com freguesias, uma estátua com um segredo, uma praça com pombos, uma fonte “aquamatrix”, uma festa colorida com milhões de visitantes, os Quinta do Bill, a fraca memória do lopes-graça, jornais locais, rádios locais, protagonistas locais, locais turisticos, um carnaval que já não se faz, um carnaval na linhaceira, uma tuna académica, tradições académicas consistentes, um politécnico recente, uma equipa de futebol onde jogou o Eusébio, uma equipa de hóquei em patins que esteve na 1ª divisão, umas super-piscinas, um parque de estacionamento onde acampam carros, um polis pouco visível, um parque de estacionamento bem visível, um ramal de comboios, uma ex-delegação da PJ, uma ideia de capital europeia da cultura, as fatias de tomar, as fatias de cá, museu(s), um batata que já não insulta, uma sirene de bombardeamento ao meio-dia, uma regata semanal de caixas de sapatos, um vereador que escreve com o coração, uma comunidade urbana, um escândalo político local (local variável), um anuncio na televisão, festas e concertos que eram na FAI, sete sois e sete luas que já não são, um MacDonald´s, um modelo, património da UNESCO, uma roda, um ex-Pim-Pim-ex-Index, um hospital novo, um paraíso de manhã, um paraíso de tarde, um paraíso de noite, uma memória de avô cantigas e pára-quedistas no dia mundial da criança, um estádio antigo, um cine-teatro novo, um festival internacional de cinema infantil que já era, um festival de dança contemporânea com sede em tomar e espectáculos cada vez mais fora, uma sexta-fora, um dia da cidade, e agora... um blog.