sexta-feira, maio 13, 2005

Reportagem sobre Bloggers Thomarenses

Sábado, dia 21 de Maio, pelas 15h30m, apelo a todos os autores de blogs Tomarenses que venham até ao Café da Nabância para que possamos promover o nosso 1.º Encontro, que resultaria numa reportagem a ser publicada no Jornal O Templário. Depois deste 1.º encontro, e já depois de nos conhecermoS pessoalmente, marcavamos então o nosso jantar. O Objectivo é o de dar a conhecer aos leitores como está representada a cidade no espaço virtual e quem são os autores dos Blogs tomarenses. Fico a aguardar a vossa confirmação até dia 20 de Maio. A ver se é desta!

sexta-feira, maio 06, 2005

Não garanto, mas...

A Carla Susana deve ser de Tomar. No seu blog [Normalidade Pública] tem apenas um link e aponta para aqui.

quinta-feira, maio 05, 2005

Fartura

Dois posts no mesmo dia! Não há fome que... Pois.

[Três com esta inutilidade que nem me atrevo a designar post... O melhor era apagá-lo. Melhor ainda: não o ter escrito, mas enfim, já está]

Que bem se está no campo...

Em dias como este apetece saborear uma imperial [ou um café, ou uma água, ou um vinho branco ou...] numa esplanada da cidade. Só é pena que as temos não sejam exactamente esplanadas - alguém, por favor, explique aos "industriais da cafeteria e restauração" que uma esplanada é algo mais do que algumas mesas e umas quantas cadeiras no meio da rua. Pessoalmente, considero que apenas os espaços exteriores do Café Santa Iria e do Café do Bonfim se candidatam à categoria de esplanadas. Vá lá, a do Paraíso anda lá perto.

[Algumas] Perguntas estúpidas

Para que é que a Câmara Municipal gastou tanto dinheiro - não sei quanto, mas não terá sido pouco - a construir aqueles obstáculos à circulação a que resolveu dar o nome de passadeiras se a maioria dos transeuntes não as utiliza?
Porque gastou a Câmara dinheiro numa iniciativa a que deu o nome Darte [ou D'Arte?] se não apostou em promovê-la fora da cidade? As aldeias não têm direito à Arte [apenas a folclore]? E já agora, porque é que ninguém [ou quase ninguém] em Torres Novas, Ourém, Ferreira do Zêzere, Entroncamento, Abrantes e Vila Nova da Barquinha - para só citar os concelhos limitrofes - soube dessa iniciativa? Era uma coisa só para tomarense - jovem - ver? E não me venham com a treta de que a iniciativa foi divulgada na Agenda Cultural / Boletim Informativo da Câmara. Não conta: estou a falar de publicidade e promoção à séria, não de propaganda.
Quando acabam o raio das obras na cidade? Falta muito? Aposto que antes das autárquicas estará tudo inaugurado [nem que não esteja tudo pronto].